<<

Natal reciclado

Aproveitando o facto de estarmos a entrar na 8ª Semana de Resíduos dos Açores, e de termos o Natal aí à porta, lembrámo-nos do quão importante é a acção de reutilizar.

Durante a nossa infância, o primeiro fim-de-semana de Dezembro era dedicado a fazer a tão esperada árvore de Natal. Passávamos o dia a montar a árvore, a colocar os efeitos nela e no final vinha a nossa parte favorita: pôr as luzinhas a toda a volta. Era sem dúvida um dia muito bem passado e nós, enquanto crianças, adorávamos este tempo com os nossos pais, num fim-de-semana diferente.

A coisa menos boa, que na altura não tínhamos noção e os nossos pais também não, era a árvore em si. Ou era um pinheiro/criptoméria acabado de sair da terra ou então uma árvore de plástico de uma loja qualquer. Também as bolinhas coloridas eram de plástico e todos os anos queríamos bolas novas para haver algo de diferente.

Tendo em conta os tempos que correm e o exagero de plástico que a nossa sociedade consome, porque não continuar com a sensibilização deste tema e oferecer alternativas a este consumismo natalício?

Sabemos que a tradição por vezes é difícil de quebrar, mas neste caso em específico, temos a certeza que vale a pena seguir alternativas mais sustentáveis. Qualquer criança iria adorar passar o dia a construir a sua própria árvore de natal de raiz. Seria um dia transformado em tempo de qualidade passado em família e reutilizando peças e materiais velhos numa bela árvore de Natal. Também os efeitos ficariam divertidos, diferentes e únicos – não haverá outra estrela de madeira igual à que fizeram com tanto entusiasmo!

Lançamos então o desafio para este Natal a todas as famílias e deixamos algumas imagens de inspiração acima, na esperança que adoptem esta medida também nos anos seguintes.

Nós também já estamos a pensar na nossa árvore de Natal!

Top